O Meu Mundo

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

O Meu Mundo

Postby Cerridwen » 09 Aug 2005 17:50

O Meu Mundo

Não encontro palavras para dizer aquilo que sinto. Apenas me restam estas lágrimas amargas e estes sorrisos discretos e repentinos. Vivo num mundo no qual nunca devia ter estado, simplesmente porque sei, sinto, sou diferente e apesar de sermos todos nós diferentes, essa é uma diferença marcante, que não passa despercebida e que por isso me atraiçoa constantemente.

Os dias passam, uns a seguir aos outros, lentamente, mas continuo aqui sentada a escrever estes rabiscos saídos de uma qualquer parte de mim. Se ao menos soubesse escrever, juntar umas palavras bonitas e sorridentes. Não…nunca hei-de saber escrever mais do que umas linhas de rabiscos compostas por palavras monótonas e tristes. E no fim estes pontos, se é que tal nome lhes posso dar, já que na realidade tratam-se apenas de borrões de tinta que finalizam estes desabafos, pondo um fim a esta dor que me consome aos poucos, continuamente. Dor essa que irá regressar novamente, vezes sem conta, e levar-me a escrever estas palavras amarguradas, novamente, tal como uma roda, em que não há princípio nem fim, tudo se dá segundo uma ordem determinada.

Os dias passam e os movimentos vão-se tornando cada vez mais mecânicos. Como se o tempo contribuísse para esta minha conformidade, esta minha certeza de que nada virá que me devolva todo o entusiasmo inocente que tinha pelo mundo em que vivo. Até a própria natureza parece concordar comigo, perdendo todos os dias um pouco da sua força e energia.

Hoje estou triste, não por mim mas pelo nevoeiro, cuja brancura húmida e fresca deu lugar a um manto negro e espesso, quase sufocante e pelas florestas lentamente foram morrendo até não sobrar nada mais do que uns troncos carbonizados e uma terra coberta de cinzas espessas e negras. Hoje não me imagino noutro local nem noutra realidade, apenas regresso ao passado, às memórias da minha infância, em que o negro era verde e castanho. Não, não era uma verde qualquer, nem um castanho qualquer, era um verde cintilante, quase fresco e um castanho ligeiramente brilhante e húmido. Como me deleitava, deitada em cima dos ramos das árvores com um livro na mão, umas vezes a ler, calmamente, outras somente a observar a paisagem. O tempo passou, eu mudei, o mundo à minha volta mudou, desses anos passados nada mais me resta do que estas memórias felizes que ainda conseguem arrancar-me um breve e suave sorriso.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O Meu Mundo

Postby Samwise » 09 Aug 2005 18:11

À semelhança do que encontrei no texto anterior (o "Explicação Irracional" da Bluiela), vejo aqui uma beleza cristalina na descrição de sentimentos amargos.

Os sentimentos deste texto estão ligados à roda to tempo e à inocência de tempos que já não voltam.

Quando as palavras acertam no alvo.... sentimos a nostalgia e uma certa tristeza melancolica .

Adorei este texto, mesmo não me tocando como te toca a ti, Cerr.

SamW
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: O Meu Mundo

Postby Cerridwen » 11 Aug 2005 17:58

Confesso que estive algum tempo a pensar naquilo que ia escrever. :unsure:

Não estava à espera de um comentário tão positivo. Este foi mais um daqueles textos que escrevi quase sem pensar, num daqueles momentos de tristeza e reflexão em que as imagens do passado vêem-me sempre à memória.

Obrigado pela leitura e pelo comentário. :)

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: O Meu Mundo

Postby Thanatos » 12 Aug 2005 08:30

:o Só não consigo perceber, Cerridwen é porque é que não concorreste com este texto ao passatempo "Memória".

É que na minha humilde opinião enquadrava-se perfeitamente no tema além de ser uma bela e intimista prosa que decerto estaria bem posicionada junto dos outros concorrentes.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: O Meu Mundo

Postby Cerridwen » 12 Aug 2005 19:08

Não concorri com este texto por alguns motivos. Primeiro, porque não tem o mínimo de 1000 palavras e provavelmente dificilmente lá chegaria, já que foi um texto escrito repentinamente e que mesmo assim, sofreu alguns acrescentos.
Além disso, já tinha um texto ligeiramente desenvolvido, para o passatempo, um pouco mais trabalhado que este e mais relacionado com o tema "memórias". :)

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: O Meu Mundo

Postby Thanatos » 12 Aug 2005 23:42

Cerridwen wrote: Além disso, já tinha um texto ligeiramente desenvolvido, para o passatempo, um pouco mais trabalhado que este e mais relacionado com o tema "memórias". :)

^_^ E onde pára ele? Não me digas que também ficou em águas de bacalhau por falta de tempo. :unsure:
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: O Meu Mundo

Postby Cerridwen » 13 Aug 2005 16:53

Bem, ficou mesmo em águas de bacalhau, mais por falta de imaginação do que de tempo. Mas ainda vou ver se o consigo terminar. :unsure:


Return to “Cerridwen”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron