da monotonia.

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

da monotonia.

Postby elsefire » 04 Jun 2007 12:59

se lhe apetece escrever?
olha a profundidade dos dedos
na garganta de uma esferográfica azul.
vê como se mexe a vontade
e os braços na argila interior do raciocínio humano.
uma es-fe-ro-grá-fi-ca azul
muda, depois do silêncio.

tudo pára ao sinal vermelho,
até a agilidade das palavras
sobre o papel ainda branco.
parece que a cidade adormeceu
no parapeito da janela
e os olhos são meros cabides
da monotonia.
se lhe apetece escrever?
claro que apetece,
mas o quê?

j.t.parreira
Comic Book
Posts: 169
Joined: 27 Jun 2005 13:00
Location: Aveiro-Portugal
Contact:

Re: da monotonia.

Postby j.t.parreira » 06 Jun 2007 16:37

elsefire wrote:se lhe apetece escrever?
olha a profundidade dos dedos
na garganta de uma esferográfica azul.
vê como se mexe a vontade
e os braços na argila interior do raciocínio humano.
uma es-fe-ro-grá-fi-ca azul
muda, depois do silêncio.

tudo pára ao sinal vermelho,
até a agilidade das palavras
sobre o papel ainda branco.
parece que a cidade adormeceu
no parapeito da janela
e os olhos são meros cabides
da monotonia.
se lhe apetece escrever?
claro que apetece,
mas o quê?



Caro Elsefire, costumo lê-lo. E hoje resolvi vir dizer-lhe que este seu poema está muito bom. O surrealismo com que o inicia, para depois nos dar uma realidade como a «da cidade que adormeceu» vista da nossa janela, para depois fechar com uma belíssima metáfora: a dos olhos como cabides de monotonia. Tudo muito bom.
Um abraço
João

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: da monotonia.

Postby Samwise » 06 Jun 2007 17:17

É interessante o objecto deste poema - a ESCRITA, a VONTADE/NECESSIDADE de escrever - e como esse objecto se entrecruza na vivência dormente do dia-a-dia.

Para além da metáfora que o j.t. mencionou, destaco ainda esta parte:
vê como se mexe a vontade
e os braços na argila interior do raciocínio humano


Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: da monotonia.

Postby elsefire » 07 Jun 2007 20:37

obrigado J.t. . não mereço certamente essa atenção. Por vezes lá calha um de jeito.


Samwise há muito tempo que não sinto essa necessidade, mas conheço-a. O escrito não fala na primeira pessoa.


Return to “elsefire”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron