Sem titulo

User avatar
Venom
Encadernado a Couro
Posts: 488
Joined: 01 Jan 2005 03:17
Contact:

Sem titulo

Postby Venom » 25 Sep 2005 23:19

Subo as escadas à minha frente, no cimo das escadas esta uma placa com uma seta para a esquerda. Apesar de haver um caminho para a direita decido seguir o da esquerda. Estou agora num corredor de azulejo branco, tecto, paredes, chão, tudo, da me uma sensação de infinito. Mas ao estender a mão apercebo-me de que existe uma parede, o chão esta limpo como se nunca tivesse sido utilizado. Por fim chego a uma sala. Tem algumas plantas, uns sofás, do lado esquerdo, onde esta apenas um velhote e uma criança. Na parede direita esta uma secretária de metal com um computador, a pessoa de serviço esta com os pés em cima da secretária e lê uma revista.
- Olhe, desculpe, podia dizer-me onde estou? – O homem baixou a revista o suficiente para me ver e disse:
- Sente se num dos sofás e espere que o chamem, depois disso é só entrar naquela porta, e logo lhe responderão a todas as suas questões. – E apontou para uma porta que se situava à esquerda da secretária
Agradeci e sentei-me ao lado da criança que estava entretida a jogar no seu gameboy. Reparei também que o velhote parecia muito feliz, e eu continuava sem saber onde estava. Não me lembrava nada após o momento em que estava no carro, no caminho para casa …
-“Pedro Bernardo, Pedro Bernardo…”
Acordei sobressaltado. O rapaz e o velhote já não estavam na sala, e o homem que estava na secretária continuava a ler a sua revista. Levantei-me, e dirigi-me à porta como me tinha sido indicado. Antes de entrar na porta o homem que estava na secretária disse:
-Bem vindo ao Inferno…..
no sci-fi masterpiece depicts an AI that, upon coming online and searching its database in an effort to better understand mankind, responds by shouting, “You guys are awesome! We should get nachos!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Sem titulo

Postby Samwise » 26 Sep 2005 09:57

:P

Venom,

Desta vez só tenho uma coisa a dizer.... escusavas de denunciar o final da história com o títulos... quando se começa a ler o conto adivinha-se quase instantâneamente o que se está a passar.

À parte disso gostei bastante. Falta-te "alinhavar" algumas questões gramaticias, mas isso não estraga a história.

Cada vez começo mais a pensar que o que interessa é mesmo a meneira como se conta uma história e não a história em si. No caso deste texto notei algumas preocupações com o meio envolvente (e que já existiam no teu primeiro conto).

Gsotei, sim senhor.

SamW
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Venom
Encadernado a Couro
Posts: 488
Joined: 01 Jan 2005 03:17
Contact:

Re: Sem titulo

Postby Venom » 26 Sep 2005 13:50

Ó meu amigo nao seja por isso :D quanto as questoes gramaticais, bem isso ultrapassarei um dia destes, ate la agradeço que "apontem" a sua existencia


Ainda bem que gostaste :) :bow:
no sci-fi masterpiece depicts an AI that, upon coming online and searching its database in an effort to better understand mankind, responds by shouting, “You guys are awesome! We should get nachos!


Return to “Venom”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron