Inspiração fatal

User avatar
Venom
Encadernado a Couro
Posts: 488
Joined: 01 Jan 2005 03:17
Contact:

Inspiração fatal

Postby Venom » 21 Apr 2006 19:34

De mãos suspensas no teclado, Ernest, um rapaz de cabelos loiros, olhava para as teclas como se estas o podessem ajudar. No monitor, um enorme e sufocante branco gozava com ele, ria-se da sua falta de ideias.
O problema de Ernest não eram as faltas de ideias. Como uma corrente, estas passavam na sua mente a uma velocidade louca, não lhe permitindo captar sequer uma. Olhou pela janela, à espera que aquela fria manhã de Dezembro lhe pudesse ajudar. Decidiu dar uma volta.
Já na rua, arrependeu-se. Estava mais frio do que no coração do Diabo, e as pessoas refugiavam-se em casa como se não houvesse amanha.
A montra de uma loja chamou-lhe a atenção. Estava numa livraria, e viu algo que o deixou parado. Como se tivesse sido atingido por um raio, Ernest olhou para um dos seus livros já publicados. E então percebeu. Tudo. As leis do universo reduziram.-se a uma simples fracção, as perguntas mais complexas passaram a ser vulgares e sentiu-se em harmonia com o mundo. Ernest acabara de ser atingido por aquilo que disignamos como Inspiração. Numa correria louca atravessou a rua, chocou com pessoas. Sabia que ia entrar para a história. A ideia era simplesmente genial. No futuro, gerações iriam andar com o seu livro debaixo de braço e analisar cada letra, sinal, vírgula. O Mundo ia mudar.

Era mais um dia de rotina para o senhor Lopes, que regressava a casa depois de um dia de trabalho, onde engolira muitos sapos, como já vem sendo habitual. Com um longo suspiro, pensou no filho que estava a repetir o ano e na mulher que estava desempregada. Era dificil para uma só pessoa carregar uma familia às costas. Contudo, a pressa para chegar a casa era a mesma. Talvez a mulher tivesse arranjado emprego, e talvez o seu filho com uma súbita iluminação divina tenha decidido fazer alguma coisa na vida. Ligou o rádio, e não pode deixar de sorrir ao ouvir a música dos Mankind, Hope Never Dies. A última coisa que viu na vida com um sorriso na cara foi um jovem de cabelos loiros atravessar-se na estrada com um ar de louca excitação, e o seu carro embater nele.

Ernest
no sci-fi masterpiece depicts an AI that, upon coming online and searching its database in an effort to better understand mankind, responds by shouting, “You guys are awesome! We should get nachos!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Inspiração fatal

Postby Samwise » 24 Apr 2006 10:21

:clap:

Este gostei bastante. É original, muito divertido, e as melhorias na escrita, em relação aos outros trabalhos teus, são notórias (diz-me que não o escreveste embriagado :P ).

Sam

"Mais frio que no coração do Diabo"??? :D Cool!
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Venom
Encadernado a Couro
Posts: 488
Joined: 01 Jan 2005 03:17
Contact:

Re: Inspiração fatal

Postby Venom » 24 Apr 2006 13:58

Infelizmente este trabalho não é meu :blush: é de um colega mas ele nao tem internet e eu como gostei do texto perguntei-lhe se queria que o publicasse aqui. De qualquer modo ainda bem que gostaste, e garanto-te que não sera o ultimo texto dele que será publicado aqui.
no sci-fi masterpiece depicts an AI that, upon coming online and searching its database in an effort to better understand mankind, responds by shouting, “You guys are awesome! We should get nachos!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Inspiração fatal

Postby Samwise » 24 Apr 2006 15:09

Malandroooo! :pissed: :lol:

Realmente esse Ernset está aí na tua assinatura... mas pensei que era um alter-ego teu...

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Aignes
Enciclopédia
Posts: 858
Joined: 05 Jan 2006 23:59
Contact:

Re: Inspiração fatal

Postby Aignes » 29 Jun 2006 23:13

Gostei muito do texto... :tu: o final abrupto parece que cortou qulalquer coisa...como quando se tem uma súbita inspiração e acontece algo e...era uma vez inspiração ;)
«The force that through the green fuse drives the flower
Drives my green age; that blasts the roots of trees
Is my destroyer.
And I am dumb to tell the crooked rose
My youth is bent by the same wintry fever.»

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Inspiração fatal

Postby Samwise » 17 Jul 2006 15:28

Se esse "inho" e esse "bem comportado" não fossem logo cilindrados pelo "Dark" que está antes de "Angel", então bastaria passar os olhos pl'aquela signature para se dissiparem todas as dúvidas... :hypocrite:

Dark Angel, já sei que os sexos não têm anjo (ou será ao contrário?), mas de que lado da guerra estás? És M ou és M (Menino ou Menina)? E não me respondas "Sou M" :tongue: ...

Ernest, cá ficaremos à espera de mais trabalhos...

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Inspiração fatal

Postby Pedro Farinha » 02 Aug 2006 22:35

O texto está interessante e o final bem conseguido.

Na verdade o final é a parte mais importante de um conto. Se num romance o final é importante, num conto é fulcral porque como a história é necessáriamente pequena o final tem de ter impacto e, preferencialmente ser inesperado. Contos do imprevisto de Roland Dahl que também passou, faz anos, na tv, é um excelente exemplo disso.

Neste caso a parte melhor foi não ter sido revelada nenhuma pista sobre a ideia do Ernest, até porque provavlemente era uma ideia banal. Eu próprio já tive muitas assim a pensar que "o mundo ia mudar".



Dark Angel wrote:Cilindrado por causa do Dark? (agora cá estou eu a pestanejar inocentemente). Com aquela assinatura tão doce e cândida? (mais pestanejos)



Um à parte, a tua assinatura é bonita mas não é nada cândida. quanto ao sexo, ele não é importante já que aqui o que fazemos é literatura e esta é, na minha opinião, asexuada ainda que algumas escritas pareçam mais masculinas ou femininas ( como é o caso da tua).


Return to “Venom”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron