(Mais um)Conto de Natal

User avatar
Venom
Encadernado a Couro
Posts: 488
Joined: 01 Jan 2005 03:17
Contact:

(Mais um)Conto de Natal

Postby Venom » 03 Jan 2007 18:24

Acordo. A lua paira sobre mim. A relva esta morta, o quarto vazio. Tudo à minha volta morto. Dirijo-me para a casa de banho. Olho me no lago. Imagem horrível. Lavo os dentes e a cara. Saio. Passo pela pradaria da morte de novo. Entro no corredor. Horrível labirinto de monotonia. Ainda meio a dormir vou para a cozinha. Abro o congelador para ver o que se pode consumir. Um deserto gelado pintado de pinguins. No fundo pode se ver um Pai Natal, coberto de neve com uma frase por baixo. “ Feliz Natal”. Idiota. Encho uma caneca com café do dia anterior. Sento me no sofá e ligo a TV. Passeio pelos canais. Do Paraíso ao Inferno. Desligo-a. Não passa nada de jeito neste dia. Vou para o escritório. Passo pelo corredor. Abro a porta. A luz que vem dela cega-me. Querem ver que me enganei na porta? Afinal só me esqueci de fechar o estore. A relva está verde. O sol ilumina a sala e a vida floresce. “Sai daí Tico!”. O gato salta da cadeira e desaparece pela porta. Ligo o computador. A sala enche-se de barulho. O ecrã continua preto. Chateio-me e volto para a cozinha. O meu estômago ronca. O que vou caçar hoje? Os animais fogem daquele dragão esfomeado. Hmmmmm. Sonhos. Que belo pequeno-almoço. E tem piada. Adoro sonhar. Olho para a sala. Mas o que é aquilo? Uma arvore de Natal? Como é que não a vi antes? Há pessoas que como não têm nada para fazer enchem as casas das outras com coisas como Arvores. Ele vai tirar aquilo dali. Tal como o Pai Natal que se esqueceu no congelador. Saciada a fome volto para o escritório. O monitor continua preto. Maldito. Ligo-o. Milagre. Cores. Mas que......”Feliz Natal! Deixei-te um pequeno presente no sótão, espero que gostes da árvore de Natal. Também tens comida no congelador (mentiroso). Diverte-te que eu apareço ai daqui a quatro dias.”. Mudo o fundo do ambiente de trabalho. Vou para o quarto e visto-me. Dirijo-me para a porta, agarro nas chaves de casa e saio. Subo as escadas. Como precaução enviei o elevador para o sótão. Chego ao topo e abro a porta. Entro num corredor. A poeira rodeia-me. Acendo a luz e procuro uma porta. Aqui esta ela. Abro-a. Procuro o interruptor da luz. Encontro-o um pouco longe da porta. Já não se fazem prédios como antigamente. No meio daquela divisão poeirenta está uma caixa, embrulhada, com um laço vermelho (horroroso). Que fofo. Rasgo o embrulho. Tenho agora uma caixa de porcelana nas mãos. Abro-a. Um papel? Está branco. Que bela prenda. Enfim. Volto para casa. Deito-me. “Palhaço, para o ano vingo-me. Feliz Natal para mim.....”

Este já vem tarde, alem de o Natal do ano anterior já lá ir, já escrevi este texto há mais de um ano, nunca o meti cá, vai se lá saber porquê.

Pode ser que odeiem, para variar. :devil:

Venom
no sci-fi masterpiece depicts an AI that, upon coming online and searching its database in an effort to better understand mankind, responds by shouting, “You guys are awesome! We should get nachos!

User avatar
Venom
Encadernado a Couro
Posts: 488
Joined: 01 Jan 2005 03:17
Contact:

Re: (Mais um)Conto de Natal

Postby Venom » 04 Jan 2007 22:12

Oura isso é para tu imaginares. Podia me ter ficado por "deserto gelado" mas achei que uns pinguins à mistura dava mais cor à coisa :mrgreen4nw: .

Hehehe obrigado.
no sci-fi masterpiece depicts an AI that, upon coming online and searching its database in an effort to better understand mankind, responds by shouting, “You guys are awesome! We should get nachos!


Return to “Venom”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests