Page 1 of 1

Caminho sózinho

Posted: 04 Jan 2005 11:02
by Lyquid
Caminho sózinho

Caminho sózinho,
olhando de frente
a gente
com quem me cruzo.
A escuridão segue-me,
como um espião
pisando as mesmas ruas
sem qualquer paixão.

Quase posso ouvir
os passos ocos,
perseguindo
estes passos loucos.
Esta escuridão
é meu fim,
o dia em que
me afogarei em mim.

Acabarei,
como comecei
um, quente,
num qualquer útero
de uma mulher qualquer,
sem saber que morri... outra vez!

Jorge O (Lx, 1996)

Re: Caminho sózinho

Posted: 22 Aug 2006 16:02
by Samwise
Ainda bem que fiz a pergunta... Acho que nem sequer tinha lido este poema.

Está soberbo. Todas as estrófes estão! Estava a tentar escolher uma e cheguei à conclusão que não havia...

Nós e a vida. A vida e nós...

Sam

Re: Caminho sózinho

Posted: 22 Aug 2006 16:16
by Lyquid
Agora fizeste-me lembrar a mim próprio quando decido vasculhar no baú dos antigos e de vez em quando me surpreendo e leio algo que escrevi como se fosse a primeira vez e penso que por vezes até acertava na fórmula.

Dos antigos são poucos os que deixo no fórum porque tenho escrito a um ritmo impróprio para cardíacos e nem tempo tempo para vistiar velhas memórias mas houve especialmente no princípio alguns que tive que deixar aqui.

Ainda bem que gostaste até porque dessa época é dos que menos aprecio.

P.S. Aconselho-te o Silentium se ainda não o leste, ou a Vida (que nem sei se está no fórum mas se não estiver eu prometo que o deixo cá assim que tiver tempo).

Jorge O.

Re: Caminho sózinho

Posted: 16 Sep 2006 16:10
by Ordie
Mmmhm. Gosto. Não acho lá muita piada às rimas, nem às reticências da S3, mas a imagem de "escuridão" etc está engraçada.