Ainda Sorrio

Lyquid
Capa Dura
Posts: 291
Joined: 29 Dec 2004 13:10
Location: Lisboa
Contact:

Ainda Sorrio

Postby Lyquid » 16 Aug 2006 08:56

Ainda sorrio,
de lábios rasgados,
sangue seco no canto da boca,
dentes espalhados pelo chão,
suor cristalizado nos dedos,
braços retorcidos de angústia,
mas ainda sorrio.

Ainda sorrio,
de pernas partidas,
os pés em sangue por te buscar,
os joelhos esfolados de te escalar,
os músculos rasgados em tiras,
mãos enclavinhadas nas coxas,
mas ainda sorrio.

Ainda sorrio,
com o peito rasgado,
com os braços inertes,
com os pulsos abertos,
com os pulmões exaustos,
com o coração abatido,
com a alma esventrada,
mas ainda sorrio.

Porque amo.
Este amor que ocupa o lugar
do sangue nas minhas veias.
Este amor que me obriga
a levantar só mais uma vez.
Este amor que me injecta os músculos
com mais um pouco de adrenalina.
Este amor que não desiste de mim
como não consigo desistir de ti.

Lx, 2006
Jorge O.
Amo todas as palavras... especialmente as que não podem ser ditas em voz alta para não quebrar o encantamento, por isso são escritas e são entregues de peito aberto a quem quiser entrar nos nossos sonhos, nas nossas dores.

Return to “Lyquid”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron