Inexisto

Lyquid
Capa Dura
Posts: 291
Joined: 29 Dec 2004 13:10
Location: Lisboa
Contact:

Inexisto

Postby Lyquid » 20 Sep 2006 15:19

Amaldiçoo o dia gelado
em que estes olhos vendados
se libertaram e pousaram cálidos
nos teus, minha Némesis, minha Fúria.

Amaldiçoo este amor doce
do fel que de mim brota,
este sangue com sabor a vinagre
que me amarga a boca,

Inexisto.

Lx, 2006
Jorge O.
Amo todas as palavras... especialmente as que não podem ser ditas em voz alta para não quebrar o encantamento, por isso são escritas e são entregues de peito aberto a quem quiser entrar nos nossos sonhos, nas nossas dores.

Return to “Lyquid”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron