Cores, porque não?

User avatar
Sharky
Edição Única
Posts: 4587
Joined: 19 Jun 2008 00:04
Location: Margem Sul
Contact:

Cores, porque não?

Postby Sharky » 21 Jul 2010 01:24

Ás vezes, o amor é tão verde, até quando desliza pelo azul, ensonado ou não, interrompe sempre quando menos espera.

Por mais vermelho que seja, as suas propriedades, chocam constantemente, colidindo entre ambas, num qualquer momento, não importa quando.

O dia começa amarelo, penetrando a janela, a barraca, ou até mesmo um cobertor, de alguém esquecido ou deixado para trás, perdido no tempo cinzento de uma vida.

Verde de esperança, quando se ouve o primeiro som, de alguém que está a nascer, alguém especial, ou alguém que infelizmente, não é bem recebido.

Quando tudo começa a ficar negro, é sinal de que estamos a partir, levando connosco, uma parte da vida, vida essa, vivida por alguém.

Esta, é a hora branca, cor da lua, hora lamechas.

Sentimento não tem cor, mas quem o tem, um arco-íris, um espelho de emoções.

Uma artrite de sensações maiúsculas, um peso de liberdade corrompida.

Para quê misturar cores, quando elas reflectem entre si? É tudo uma questão de tempo.

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: Cores, porque não?

Postby Ripley » 21 Jul 2010 18:32

Sharky wrote:
Uma artrite de sensações maiúsculas, um peso de liberdade corrompida.

:bow:

Muito bom.
Estás a dar-lhe, sobrinho! ;)
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]


Return to “Sharky”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest